segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

CONFRATERNIZAÇÃO



No dia 02 de dezembro, de 8h às 13h, na paróquia Bom Remédio, foi realizada a CONFRATERNIZAÇÃO DA PASTORAL DO DÍZIMO DA ARQUIDIOCESE, com a seguinte programação:
8h às 9h30 – a acolhida feita pela coordenação da EAPADI e o louvor pela equipe de Liturgia da EAPADI.
9h30 às 11h- Santa Missa. Esta foi presidida pelo assessor da Pastoral do Dízimo da Arquidiocese, Pe José Maria Ribeiro e concelebrada pelo Côn. José Luiz, pároco da paróquia Bom Remédio e Frei Arilson Lopes, pároco da paróquia São Francisco de Assis (Capuchinhos).
Ao final da Celebração foram apresentados os novos articuladores das regiões episcopais: Coração Eucarístico (2018/2019), articuladora: Caroline Leite (Paróquia Sto Antonio de Pádua), vice articuladora: Eliana Rayol (Arcanjo São Miguel); São João Batista (2018/2019), articuladora: Ana Cláudia (Paróquia Sto Afonso), vice Articulador: Antônio Carlos (Paróquia Sto Afonso); Sta Cruz (2018/2019), articulador: Eneas Ferreira (Paróquia Sagrada Família). Também foi apresentado o novo coordenador da equipe de eventos (2018/2019):
Thadeu Abreu (Paróquia Sta Terezinha – Tenoné).
Após a Santa missa, todos foram para a quadra. Lá foi servido o lanche, depois se deu continuidade à programação da confraternização com brincadeiras e troca de presentes.
Ao final, foi feito o sorteio do VII Festival de Prêmios da EAPADI. Os números sorteados foram os seguintes: 59, 312, 324, 346 e 457.
Em seguida Pe José Maria deu a benção e encerrou a confraternização.
Participaram do evento, cerca de 240 missionários, entre articuladores, coordenadores e membros das equipes de pastoral do dízimo das paróquias da Arquidiocese de Belém.
A Coordenação da EAPADI agradece a todos pela participação e apoio, de modo especial, ao Côn. José Luiz e toda a equipe de pastoral do dízimo da paróquia Bom Remédio pela acolhida.

PLANEJAMENTO 2018



No dia 11 de novembro, de 8h30 às 11h30, na sala 11, no Centro de Pastoral, foi realizado o PLANEJAMENTO DA PASTORAL DO DÍZIMO DA ARQUIDIOCESE/ 2018.
A acolhida e oração foram feitas pela região Menino Deus e equipe de liturgia da EAPADI. Em seguida, a coordenadora da EAPADI, Santana dos Santos deu as boas vindas. Depois convidou o missionário Eliezer Martins para conduzir o planejamento.
Eliezer fez os seguintes esclarecimentos: disse que de acordo com a IV Assembleia, em 2018, as formações organizadas pela EAPADI, serão realizadas a cada dois meses numa determinada região episcopal e que esta formação será aberta para todos os membros das equipes de pastoral do dízimo das paróquias, sendo que no mês que não houver formação será realizada a reunião da EAPADI, apenas com o assessor e os missionários desta Equipe. Os encontros de formação regionais também serão realizados a cada dois meses numa determinada paróquia da região com a participação de todos os membros das equipes de pastoral do dízimo das respectivas paróquias da referida região, sendo que no mês que não houver formação será realizada reunião, apenas com o articulador, vice articulador e os coordenadores de pastoral do dízimo das paróquias.
Após os esclarecimentos, deu-se inicio ao planejamento. Foram escolhidas as datas e os locais das formações.
O lanche foi servido pela região Sta Cruz. Em seguida, deu-se continuidade ao planejamento. Foram dadas várias sugestões de temas. Estes serão encaminhados para a secretaria da EAPADI, para apreciação do assessor desta equipe.
Após o planejamento, o missionário Jorge Soares falou sobre a confraternização da Pastoral do Dízimo da Arquidiocese. Esta vai ser realizada dia 02 de dezembro, de 8h às 13h, na paróquia Bom Remédio. O lanche será partilhado pelas regiões episcopais.
Após os informativos sobre a confraternização, deu-se por encerrado o encontro.

 

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

RESULTADO DA IV ASSEMBLEIA COM AS ALTERAÇÕES



No dia 06 de novembro, de 10h30 às 11h, na Cúria da Arquidiocese de Belém, foi realizada reunião com o Arcebispo da Arquidiocese de Belém, Dom Alberto Taveira, para se fazer a apresentação do resultado da IV ASSEMBLEIA ARQUIDIOCESANA DA PASTORAL DO DÍZIMO.   Participaram da reunião os missionários: Lino Pontes e Eliezer Martins.

DOM ALBERTO APROVOU O TEXTO ABAIXO, FEZ APENAS UMA ALTERAÇÃO NO ITEM “SEMANA DE REVITALIZAÇÃO DO DÍZIMO.”


COMO MELHORAR A ATUAÇÃO DOS AGENTES DE PASTORAL DO DÍZIMO EM NÍVEL DE ARQUIDIOCESE?
1º ) O QUE JÁ TEMOS?
- Espiritualidade no inicio do ano (envolvendo todas as paróquias da Arquidiocese);
R. Deve continuar.
- Encontro de Formação Mensal Arquidiocesano (onde deveriam participar o coordenador e o vice de cada paróquia);
R. Foi aprovado que a partir de 2018, as formações organizadas pela EAPADI sejam realizadas a cada dois meses numa determinada região episcopal e que esta formação seja aberta para todos os membros das equipes de pastoral do dízimo das paróquias, sendo que no mês que não houver formação será realizada a reunião da EAPADI, apenas com o assessor e os missionários desta Equipe.
- Encontro Mensal nas Regiões Episcopais (onde deveriam participar as equipes de pastoral do dízimo das paróquias);
R. Foi aprovado que a partir de 2018, os encontros de formação regionais sejam realizados a cada dois meses numa determinada paróquia da região com a participação de todos os membros das equipes de pastoral do dízimo das respectivas paróquias da referida região, sendo que no mês que não houver formação será realizada reunião, apenas com o articulador, vice articulador e os coordenadores de pastoral do dízimo das paróquias.
- Curso de Formação de Coordenadores (destinado a todos os que são envolvidos na pastoral do dízimo – carga horária: 20h);
R. Foi aprovado que sejam realizados dois cursos durante o ano, sendo que um na região metropolitana e outro no centro de Belém.
- Missas (aniversário da EAPADI / Círio de Nazaré);
R. Deve continuar. Foi solicitado as equipes de pastoral do dízimo das paróquias da Arquidiocese que, de fato, participem destes eventos. 
- Mês da Partilha (realizado no mês de novembro em todas as paróquias da Arquidiocese);
R. Foi aprovado que a parir de 2018, em vez de fazermos um mês, façamos apenas uma semana, sendo que esta se chamara “Semana de revitalização do dízimo”. O mês de novembro continua como o mês de referência para se fazer este evento Arquidiocesano.
R. ALTERAÇÃO FEITA POR DOM ALBERTO:
Dom Alberto pediu para que se mantenha novembro como o mês dedicado ao dízimo na Arquidiocese. Propôs a seguinte mudança: a partir de 2018, em vez de “Mês da Partilha”, este se chamará “Mês do Dízimo”. Disse que durante o mês de novembro, as paróquias ficarão livres para fazerem qualquer atividade sobre o dízimo, no período que acharem melhor. Por exemplo: aproveitando todo o mês ou fazendo em apenas uma semana ou num fim de semana, de acordo com a realizada de cada paróquia.

- Confraternização (no final do ano envolvendo todas as equipes de pastoral do dízimo das paróquias da Arquidiocese);
R. Deve continuar. Foi solicitado as equipes de pastoral do dízimo das paróquias da Arquidiocese que, de fato, participem deste evento. E que o local seja de fácil acesso para todos.
- Programa Evangelizando Através do Dízimo (aos sábados na Rádio Nazaré, de 16h às 17h).
R. Deve continuar. Foi dado sugestão para que se inclua no Programa, um quadro de entrevista com os coordenadores de pastoral do dízimo das paróquias.
Obs. A Assembleia deliberou que não há necessidade de se acrescentar outras atividades.
Sobre a pergunta:

O QUE FAZER PARA AUMENTAR A ARRECADAÇÃO DO DÍZIMO NA PARÓQUIA A MÉDIO E A LONGO PRAZO?
R. A Assembleia aprovou as sugestões abaixo:
- Esclarecer sobre o verdadeiro sentido do dízimo (por meio de palestras, nas reflexões nas missas, nas visitas etc);
- Melhorar a acolhida: no plantão, na secretaria e na Igreja;
- Fazer prestação de conta de acordo com a orientação do DOC 106;
- Agradecer os dizimistas – por meio de comunicados; nas celebrações e/ou nas visitas;
- Buscar novos agentes para a pastoral do dízimo;
- Promover formação inicial e continuada para os agentes da pastoral do dízimo;
- Promover eleição no período de dois em dois anos para a coordenação de pastoral do dízimo paroquial.
Obs. Esclarecimento: a equipe de pastoral do dízimo paroquial indica, por meio de eleição, entre os seus membros, três agentes para serem apresentados ao pároco, para este escolher, entre os três, o novo coordenador (a) da pastoral do dízimo da paróquia, contudo cabe ao padre aprovar ou não tal indicação e fazer a escolha do novo coordenador (a).


DOM ALBERTO VETOU ALGUMAS RECOMENDAÇÕES, FEZ ALGUMAS ALTERAÇÕES E ACRÉSCIMOS NO TEXTO ABAIXO:

- Inserir na catequese de todas as paróquias da Arquidiocese de Belém o tema dízimo (vetado);

- Inserir na formação dos seminaristas de teologia, na disciplina administração paroquial, o tema dízimo (aprovado).

- Que o assunto dízimo seja tratado na reunião do clero pelo menos no início ou no final de cada ano;
R. ALTERAÇÃO FEITA POR DOM ALBERTO:
- Que o assunto dízimo seja tratado na reunião do clero durante o ano;

- Que seja publicado no Jornal “Voz de Nazaré” uma vez por mês um artigo sobre o dízimo;
R. ALTERAÇÃO FEITA POR DOM ALBERTO:
- Que seja publicado no Jornal “Voz de Nazaré” artigos sobre o dízimo;

- Que a TV Nazaré veicule em sua programação pelo menos uma vez por mês o tema dízimo (entrevistas, reportagens, informações etc);
R. ALTERAÇÃO FEITA POR DOM ALBERTO:
- Que a TV Nazaré veicule em sua programação o tema dízimo (entrevistas, reportagens, informações etc);

- Que o Arcebispo em seu programa “A Voz do Pastor” na Rádio e TV, pelo menos uma vez por mês aborde o tema dízimo;
R. ALTERAÇÃO FEITA POR DOM ALBERTO:
- Que o Arcebispo em seu programa “A Voz do Pastor” na Rádio e TV, aborde o tema dízimo;

- Que os padres em suas homilias pelo menos uma vez por mês abordem o tema dízimo em suas respectivas paróquias;
R. ALTERAÇÃO FEITA POR DOM ALBERTO:
- Que os padres abordem o tema dízimo em suas respectivas paróquias;

- Que no livro de peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré tenha pelo menos um encontro de aborde o tema Dízimo/Partilha (vetado).

R. ACRESCIMO FEITO POR DOM ALBERTO:

- Que as paróquias realizem regularmente a missa dos dizimistas.


Belém, 06 de novembro de 2017.


A SECRETARIA DA EAPADI

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

AVALIAÇÃO 2017



No dia 21 de outubro, de 8h30 às 11h30, na sala 11, no Centro de Pastoral da Arquidiocese, foi realizada a AVALIAÇÃO GERAL 2017 E INICIO DO PLANEJAMENTO DA PASTORAL DO DÍZIMO DA ARQUIDIOCESE/ 2018.
A acolhida e oração foram feitas pela região São João Batista e equipe de liturgia da EAPADI. Em seguida, a coordenadora da EAPADI, Santana dos Santos deu as boas vindas. Depois convidou o missionário Eliezer Martins para conduzir a avaliação.
Eliezer fez os seguintes esclarecimentos: disse que esta seria divida em auto avaliação e avaliação geral.
Após os esclarecimentos, os participantes preencheram o formulário. Ao término do preenchimento, abriu-se espaço para a participação da Assembleia.
Depois da avaliação, Eliezer fez a prestação de conta e apresentou o resultado da IV Assembleia Arquidiocesana da Pastoral do Dízimo, realizada no dia 16 de setembro deste ano.
O lanche foi servido pela região São Vicente de Paulo. Neste momento a missionária Simaia Rodrigues distribuiu os cartões do VII Festival de Prêmios aos articuladores.
Após o lanche, o missionário Jorge Soares falou sobre a confraternização da Pastoral do Dízimo da Arquidiocese. Esta vai ser realizada dia 02 de dezembro, de 8h às 13h, na paróquia Bom Remédio. O lanche será partilhado pelas regiões episcopais.
A coordenadora da EAPADI, apresentou os missionários Eneas e Terezinha, como os novos articuladores da Região Sta Cruz. E também, apresentou os missionários Ana Cláudia e Antônio Carlos, novos articuladores da Região São João Batista; Caroline  e Thadeu novos articuladores da Região Coração Eucarístico.
Em seguida, deu-se inicio ao planejamento 2018.  Foi organizado o calendário das formações organizadas pela EAPADI e regiões Episcopais.
Faltam serem definidas as datas das reuniões, tema geral, temas das formações e curso.
Após os informativos das regiões episcopais São João Batista e Menino Deus, deu-se por encerrado o encontro.
O próximo evento da Pastoral do Dízimo da Arquidiocese será a conclusão do Planejamento 2018. Data: dia 11 de novembro, de 8h30 às 11h30, na sala 11, no Centro de Pastoral da Arquidiocese.
Acolhida e oração (Região São João Batista e Equipe de Liturgia da EAPADI)
Avaliação
Apresentação dos novos articuladores Eneas e Terezinha (Região Sta Cruz)
Novos articuladores Ana Cláudia e Antônio Carlos (Região São João Batista)
 Novos articuladores Carol e Thadeu ( Região Coração Eucarístico)

Oração de encerramento - equipe de liturgia (Lino e Léa)

A Coordenação da EAPADI agradece a todos pela participação.